Kid MC assume ser contra divulgação de obras de caridade:-“É possível amar sem Marketing”

Rapper Kid Mc

O rapper angolano Kid MC defende que quando se ajuda voluntariamente alguém ou alguma organização, é desnecessária a divulgação deste acto humanitário, argumentando que “é possível amar sem Marketing”. O artista usou, recentemente, as redes sociais para mostrar o seu posicionamento relativamente a este assunto.

Apesar de admitir que a sua afirmação parece ser estranha, tendo em conta o seu habitual posicionamento quando se trata de incentivar o público à prática de conduta exemplar, o rapper angolano justifica que “Quando se faz uma obra de caridade, quem deve ficar feliz e saltitar de alegria é a pessoa carenciada e não as pessoas nas redes sociais ou em volta do mundo”.


“Eu Não Publico As Minhas Obras de Caridade.
Essa afirmação parece um pouco estranha, uma vez que acabo por ser fazedor de opinião e pelas coisas que defendo isto pode até ser visto como uma falta incentivo à prática de obras filantrópicas.” Não gostar de publicar essas obras parece estranho mas não é… Conheça-me!
Eu defendo a idéia de que quando se faz uma obra de caridade, quem deve ficar feliz e saltitar de alegria é a pessoa carenciada e não as pessoas nas redes sociais ou em volta do mundo. A alegria de quem recebe é a minha felicidade e ainda que o mundo não veja, eu e Deus sabemos o que foi feito para mudar a vida de quem um dia me estendeu a mão. 
E depois vêm os iluminados com a famosa frase: “Um famoso a publicar as suas obras de caridade vai incentivar as pessoas a fazerem o mesmo. Agora eu pergunto: As pessoas se tornaram tão dependentes assim das figuras públicas que até para fazer um pequeno gesto de amor ao próximo é necessário esperar que esta atitude venha primeiro de um famoso?
O quê q andam a ouvir nas igrejas que enchem todos os dias?
Ofendam-me como quiserem mas eu Kid MC ainda sou de opinião que é possível amar sem Marketing.” Escreveu o artista no seu instagram.