Costa Vilola cai em prantos ao lembrar do passado:-“ cheguei ao ponto de vender pão”

Personagem General Foge a Tempo, interpretado por Costa Vilolajpg

O conceituado humorista angolano Costa Vilola, contou, nesta terça-feira (09), pormenores sobre o seu passado duro, tendo revelado que perdeu os pais muito cedo, bem como confessou que já fez parte de um grupo de assaltantes.

Costa Vilola que nos últimos tempos tem sido muito aplaudido por interpretar o General Foge a Tempo, no programa “Cubico do Tuneza”, abriu-se completamente e fez várias revelações sobre o seu passado.

“Meu pai morreu na rua, minha mãe morreu, foi muito alcoólatra.
Meu irmão deixou tudo para cuidar de nós, eu tenho um ex-cunhado que cuidou de mim quando meu pai me deixou e agradeço muito a ele.
Acredito muito em Deus.
Eu roubava, tínhamos um grupo e fazíamos assalto, já serrávamos cano de arma, mas nunca cheguei a fazer um disparo.
Eu já cheguei ao ponto de vender pão, vendia gelo na praça do prenda.
Deixei o álcool, não precisei de psicólogo, não precisei de nenhum quimbanda, de um dia para o outro larguei o álcool.” Revelou o humorista durante uma entrevista no programa Zap News.