Cidadãos saem à rua para protestar contra a soltura do assassino de Abigail

Decorre uma marcha na Baixa de Luanda, neste domingo (06) de Dezembro, para clamar por justiça sobre a morte da menina de 4 anos Abigail Nungole, assassinada à (05) de Julho de 2018, depois de ser violada por um vizinho de 29 anos no bairro Projecto Zona Verde 3, no distrito do Benfica, em Luanda, e o mesmo já se encontra em liberdade.

A marcha sob lema “justiça por Abigail” convocada a partir das 9 horas, com ponto de partida o Largo 17 de Setembro, e término na Marginal de Luanda, visa pressionar o tribunal a rever a soltura a liberdade do assassino, ainda que seja condicional.

O acusado foi julgado no Tribunal do Benfica, em Luanda, o caso está na justiça há dois anos. O assassino já foi julgado e condenado a 23 anos de prisão e está a aguardar em liberdade, até que o Tribunal Supremo se pronuncie, segundo o advogado de defesa o seu cliente estava com problemas psicológico, razão que levou o juíz a suspender o julgamento para solicitar exames médicos, e até então o acusado aguarda livre.

O processo foi encaminhado para a 14ª- Secção dos Crimes Comuns do Tribunal do Benfica. Um ano depois, aconteceu a primeira audiência, onde a família se apresentou sem advogado, por falta de meios financeiros.

Além desta causa, manifestantes marcham por todas as mulheres e crianças vitimadas, cujo assassinos não cumprem a pena diante a lei.

Ravelino de Castro
Desenvolvedor de softwares e CEO do Portal Tudo A Ver