Covid-19: Máscara inteligente detecta assintomáticos

A tecnologia e o tempo têm andado de mãos dadas, tal como mostrou o engenheiro romeno Burzo Ciprian, que com a ajuda de várias ferramentas construiu uma máscara que detecta doentes assintomáticos da covid-19.

O engenheiro romeno Burzo Ciprian foi premiado pelo concurso Pandemic ResponseCoLab do Massachusetts Institute of Technology (MIT), pela criação da máscara techológica.

Veja algumas das funcões incorporadas na máscara:

  1. Faz uma análise do ar;
  2. Detectar vírus como o SARS-CoV2;
  3. Medir a febre do utilizador da mesma;
  4. Notificar possíveis contactos de risco;
  5. Filtrar o ar para melhor ventilação;
  6. Mostrar temperatura do utilizador;
  7. Se detectar o coronavírus ou aumento de febre, a app avisa o utilizador que deve procurar um médico;
  8. A app avança com uma percentagem da probabilidade de estar infectado;
  9. Detecta outras máscaras até 300 metros de distância.

A máscara é feita de materiais plásticos criados por impressão 3D. Na parte da frente tem um dispositivo modular com um sensor bluetooth. Já na lateral há um filtro de ar para uma melhor ventilação e um sensor de temperatura, assim como um pequeno LED que mostra a temperatura corporal do usuário.

Através do bluetooth, a máscara transmite à aplicação instalada no smarthphone – com o qual foi conectada – todos os dados sobre a qualidade do ar e temperatura.

Além disso, a máscara detecta outras máscaras até 300 metros de distância. Se algum dos utilizadores representar perigo, os contactos de risco recebem um alerta no telemóvel tal como a aplicação ‘Stay Away Covid’.

Ravelino de Castro
Desenvolvedor de softwares e CEO do Portal Tudo A Ver