Lesão de Neymar na derrota contra Lyon, faz seu pai condenar à equipa de arbitragem:-“Até quando a culpa será da vítima?”

Neymar lesão
Neymar lesão

Após ter sofrido uma entrada brusca pelo seu compatriota Thiago Mendes no jogo entre PSG e Lyon na noite desta quarta-feira (13) de Dezembro, no Parque dos Princípes, em França, Neymar Júnior saiu do campo lesionado, na maca e com lagrímas no rosto.

Não concordando com a posição do juíz do jogo, o pai de Neymar, Neymar da Silva Santos Júnior, rapidamente recorreu as redes socias falando da negligência do arbitro de não inibir no princípio estas endradas, esperando assim o pior para intervir ao jogo.

“Pô…até quando? Tanto se fala sobre isso, tanto lembramos esse excesso de violência! Por que não inibir no início, na primeira, porque esperar a 7.ª, 8.ª, 9.ª falta? Precisamos de olhar para o VAR para poder ver que é uma expulsão? Precisamos do VAR para perceber uma entrada violenta destas? Precisa de se aleijar alguém para tomarmos uma atitude honesta? Um jogador aplica uma tesoura irresponsável, violenta, pelo lado, atravessa espaço físico de outro, sem opção de defesa…. Não medimos isso durante todo o jogo onde o Neymar sofreu o tradicional rodízio de faltas, e sempre violentas, e com isso vamos alimentando esse tipo de jogador e de atitude…. Assim realmente o futebol vai perder… ATÉ QUANDO A CULPA SERÁ DA VÍTIMA ??? Depender de quem controla o jogo… de quem tem a oportunidade proteger… ahhhhhhhhh fazer o que…..? Deus cuida !!!!!”, escreveu o pai de Neymar, revoltado.

Importa frisar que o Lyon venceu a partida contra o PSG por 1-0, igualando assim o Lille na liderança do campeonato francês.

Ravelino de Castro
Desenvolvedor de softwares e CEO do Portal Tudo A Ver