Covid-19: Angola encerra as fronteiras ao Reino Unido, África do Sul, Austrália, e Nigéria

O governo angolano encerrou a partir deste sábado (26) de Dezembro, as fronteiras marítimas e aéreas com ligações aos países como África do Sul, Austrália, Nigéria e Reino Unido devido a uma nova proliferação do vírus SARS-Cov2 causador da covid-19.

A medida de prevenção foi anunciada nesta sexta-feira (25), com vista a paralização do novo coronavírus, numa nova variante que surgiu a aproximadamente dois meses no Reino Unido: “O ministério do interior e das relacções exteriores da saúde e dos transportes, tornam público que devido uma variante da covid-19 surgiu no Reino Unido, e para garantir a preservação e controlo das fronteiras, estão suspensas as ligações marítimas e aéreas de passageiros da África do Sul, à Austrália, à Nigéria e ao Reino Unido”, lê-se na nota informativa.

Assim sendo Angola corta relacções com os países acima citados por conta de uma nova variante da Covid-19, que já afecta várias pessoas nesses países. Desse modo, ficam suspensas as ligações marítimas, aéreas e terrestres entre Angola e os referidos países, com vista a prevenir a propagação da nova variante do vírus em solo nacional.

A nova variante teria surgido em Londres, e está em discussão no meio científico há aproximadente dois meses, e fez com que a França, Itália, Áustria, Alemanha, Bélgica, Holanda, Irlanda, Luxemburgo, Portugal e Bulgária suspendessem seus voos e suas conexões de trem e navio com o Reino Unido.

Ravelino de Castro
Desenvolvedor de softwares e CEO do Portal Tudo A Ver