Angolanos nascidos em 2003 passam pelo recenseamento militar dentro e fora do país

O recenseamento militar para os cidadãos angolanos do sexo masculino com data de nascimento compreendida entre (01) de Janeiro e (31) de Dezembro de 2003, teve início nesta segunda-feira (04) de Janeiro, segundo informou o despacho do Ministério da Defesa Nacional e Veteranos da Pátria.

Além do jovens de 2003, no mesmo período, deverão ser também recenseados os cidadãos nascidos em 2002, que não foram cadastrados no ano passado por conta da situação pandêmica que impede o ajuntamento excessivo de pessoas. O prazo vai até 28 de Fevereiro no território nacional como na diáspora.

O recenseamento militar em Angola é feito ao abrigo da Lei número 1/93, de 26 de Março (Lei Geral do Serviço Militar) angolano, e o tratamento do cartão de recenseamento militar será feito nas administrações municipais, comunais e distritais. Já No exterior, decorrerá através das embaixadas e serviços consulares.

O recenseamento militar visa a obtenção de dados de todos os cidadãos que atingem, em cada ano, a idade de obrigações militares, no quadro da Lei nº 1/93, de 26 de Março.