Apoiantes racistas de Donald Trump, saem às ruas para protestar

Após perder às eleições de (03) de Novembro de 2020, o ex-presidente dos Estados Unidos de América junto de seus apoiantes têm contestado a transição de poder, mesmo depois de Trump ter garantido a transição no dia 20 do corrente mês, muitos são os apoiantes que proclamam por injustiça nas ruas de EUA.

Os conflitos que começaram terça-feira (06) quando a sessão de ratificação dos votos das eleições presidenciais dos EUA, no Congresso em Washington, que viu ser interrompida por força maior devido ao transtorno causado por apoiantes de Trump no Capitólio.

O tumulto que começou, quando os manifestantes violaram as barreiras de segurança colocadas ao redor do edifício e invadindo o Congresso, terminou com uma vitima mortal dentro do Capitólio, trata-se de uma mulher que foi baleada no interior do edifício pelas autoridades.

Dessa vez os manifestantes saíram as ruas na quinta-feira (07) de Janeiro, para proferir cânticos e gestos racistas, num vídeo que circula nas redes sociais ouve-se os apoiantes gritando “f*ck BLM”, em português “Fo*se Vidas Negras” contrariando o slogan “Black Lives Matter”