Habitantes de Katafa constroem maternidade à base de areia do deserto

População de Kafata constroem maternidade à base de areia
População de Kafata constroem maternidade à base de areia

A população de Katafa, junto de uma organização não governamental da cidade de Ouaddaï, no Tchad, juntaram forças para superar uma das maiores aflicções que a aldeia encontrada à 100 quilómetros da segunda maior cidade do país, enfrentava, construindo assim uma maternidade utilizando areia do deserto.

A iniciativa deste mesmo projecto surgiu devido as dificuldades que a população
apresentavam ter, em se deslocar em hospitais e instituições de saúde, essas que ficavam milhares de quilómetros das suas comunidades, especificamente as mulheres grávidas.

Os habitantes desta mesma aldeia, Katafa, contribuíram com 10% do seu esforço e para a construção desta unidade hospitalar, cujo custo total é estimado em 18 milhões de FCFA, equivalente em mais de 24 milhões de Kwanzas.

Esta maternidade é da iniciativa da ONG “BASE”, Gabinete de Apoio à Saúde e Ambiente, com o apoio do seu parceiro internacional Women’s Hope.

A inauguração da maternidade em causa, foi presidida pelo prefeito do departamento de Ouara, Mahamat Al-Hadi Abderrahim, e teve lugar no dia (19) de Dezembro de 2020, junto do director geral da ONG BASE, Dahab Manoufi Dahab e chefes tradicionais. Ao inaugurar oficialmente a estrutura hospitalar, o prefeito do departamento de Ouara avançou que a ambição do chefe de Estado é reduzir em 2/3 a taxa de mortalidade infantil, de acordo com os objectivos de desenvolvimento do milénio.