Sindicato dos Professores promete entrar em greve nos próximos 60 dias

SINPROF
SINPROF

O Sindicato dos Professores, prepara greve para os próximos meses, por conta de falta da valorização do tempo de serviço, por parte dos agentes da educação, a informação foi avançada pelo secretário-geral do SINPROF, Admar Jinguma, a organização deu ao estado um prazo de 60 dias para o devido cumprimento da situação.

Admar Jinguma, informou que aproximadamente 200 mil agentes da educação estão nesta situação e serão dados 60 dias para a entidade empregadora resolver o problema, o mesmo garantiu ser um problema antigo, porquanto consta do Caderno Reivindicativo de 23 de Outubro de 2019, sendo que já foram feitas três reuniões negociais, totalizando, conforme avançou o jornal OPAÍS.

O secretário-geral do SINPROF disse que dos 211 mil agentes que existem, a nível nacional, 190 mil estão nesta condição. Por isso, foram orientados os secretariados provinciais a realizarem Assembleias de Trabalhadores a todos os níveis, mobilizando os professores para esta que consideram mais uma acção de luta, o mesmo garantiu que, se depois de 60 dias, não houver resolução a referente problema com o tempo de serviço, irão remeter ao Ministério da Educação a respectiva declaração de greve.