Ex-presidente da França Nicolas Sarkozy condenado à 3 anos de prisão por subornar juíz

Nicolas Sarkozy
Nicolas Sarkozy

O ex-presidente da França Nicolas Sarkozy, foi condenado nesta segunda-feira (01) de Março, a três (3) anos de prisão, onde um dos anos será em regime fechado, por corrupção e tráfico de influência.

O tribunal de Paris decidiu que houve um “pacto de corrupção” entre o ex-presidente francês, seu advogado Thierry Herzog e o ex-magistrado Gilbert Azibert, que foram condenados os 3 à mesma sentença. Sarkozy poderá cumprir prisão domiciliar, desde que use obrigatoriamente um rastreador.

De acordo com os investigadores franceses, algumas conversas grampeadas entre o ex-presidente e seu advogado, Thierry Herzog, revelaram a existência de um pacto de corrupção, condenados pela lei francesa. Sarkozy teria tentado obter informações secretas do “caso Bettancourt” com o juiz Gilbert Azibert, onde em troca o ex-presidente da França teria prometido ajudá-lo a conseguir um cargo altamente cobiçado no Conselho de Estado de Mônaco.