Sobrevivente do desastre da Chape escapa novamente em acidente de viação na Bolívia

Erwin Tumiri
Erwin Tumiri

Erwin Tumiri, um mecânico de aviões boliviano, que foi uma das seis pessoas sobreviventes do desastre aéreo da queda do avião que levava o clube brasileiro “Chapecoense” em Novembro de 2016, voltou a estar envolvido na madrugada desta terça-feira (02) de Março, em um grave acidente que resultou em dezenas de mortos, desta vez na Bolívia.

Erwin Tumiri, era um dos passageiros em um ônibus que despencou da estrada, em Cochabamba, no centro da Bolívia. O ônibus levava consigo 45 passageiros e caiu de uma altura de 150 metros, causando a morte de pelo menos 21 pessoas e deixando outras 24 feridas.

Em declarações ao Jornal Los Tiempos, a irmã de Erwin, Lucía Tumiri, confirmou, que falou com o irmão após o grave acidente e que ele está estável:-“Falei com ele e ele disse que está bem. Estava muito preocupada com ele, agora estou feliz”, disse Lucía.