Laton revela detalhes do novo álbum de “Exaltação e Adoração”

Laton Cordeiro
Laton Cordeiro

O artista angolano Laton partilhou detalhes do seu mais novo trabalho discográfico, um álbum golpel “Cordeiro de Deus” diferente do habitual com base em torno da “Exaltação e Adoração”, o mesmo já conta com mais de vinte faixas contou em entrevista ao Portal Tudo A Ver.

Em conversa descontraída com o Portal Tudo A Ver, Laton revelou que uma parte das faixas musicais já existiam há mais de cinco anos, ‘criações soltas’ que nos últimos meses mereceram sua atenção e empenho, para dar ao público um resultado final excelente.

“O álbum ainda não está concluído, eu já tinha faixas musicais de exaltação e adoração ‘soltas’ desde 2014, fui juntando e até 2020 eu já tinha 8 faixas”, começou por dizer acrescentando, “este ano quando decidi de facto me focar em fazer mesmo um álbum voltei a escolher beats e desde Janeiro já gravei 21 músicas novas, todas elas de adoração, ou seja, neste momento são 29 músicas gravadas, e para ser sincero não estou ainda a pensar em um número específico”, revelou.

Laton, antigo membro do grupo Kalibrados falou ainda de estar agora focado na carreira a solo e o lado bom dela: “Estar no controlo da criatividade, a celeridade do processo, tens muito mais liberdade para tudo quando a obra é a solo, tem vantagens e desvantagens, mas para quem começou em grupo e teve essa experiência é sempre um alívio, porque a palavra final é sempre a tua, mesmo que outras pessoas te ajudem a melhorar”, exprimiu.

Para si, o trabalho a solo não difere muito do em grupo, enquanto membro dos Kalibrados conseguiu atingir um estatuto nacional e internacional e destacou como maior vantagem a mobilidade e talvez os dividendos. E por ser agora um, as ligações tendem a ser um pouco limitadas em comparação quando trabalhava em grupo.

As músicas para o novo álbum com data ainda não estabelecidas, têm ‘Boom Bap’ e ‘Naija’ como os estilos predominantes, o álbum ‘Cordeiro de Deus’ conta com os famosos ‘type beat’ e um único beat produzido pelo jovem produtor angolano Fly Lima.

Sem mencionar as possíveis formas para a distribuição do álbum, Laton Cordeiro fez menção que este processo está a ser desenvolvido pela área responsável, ele só foca na construção dos “Bengas” e tão logo a “maquete” esteja pronta há interesse em reunir com as plataformas de streaming existentes no país, para servirem de veículo de distribuição do “Cordeiro de Deus”.

Ravelino de Castro
Desenvolvedor de softwares e CEO do Portal Tudo A Ver