Kendall Jenner pede ordem de restrição após ser ameaçada de morte

Depois de ver a sua casa invadida e ameaçada de morte, a modelo norte-americana Kendall Jenner recorreu ao Departamento de Polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, na última segunda-feira (29) de Março, para pedir uma ordem de restrição contra um homem chamado Malik Bowker.

De acordo o site TMZ, a irmã do clã Kardashian afirmou que o suspeito pretende atirar nela com a intenção de tirar a sua vida.

Uma investigação foi aberta e comprovada contra o mesmo rapaz de 24 anos, por um detetive contratado que apresentou evidências de um suposto plano de Bowker, em que ele teria a intenção de comprar uma arma ilegal para atirar na influenciadora digital e depois cometer suicídio. Nos documentos emitidos pela polícia norte-americana, os oficiais teriam informado a Kendall que o homem estaria atualmente detido em uma prisão psiquiátrica temporária em um hospital local da cidade, mas advertiu que ele poderá ter alta em breve. Este teria sido o motivo da modelo fazer a denúncia.

Kendall disse que nunca viu o suspeito e nem o conhece, mas tem sofrido de angústia emocional e ansiedade após as ameaças. Além disso, a jovem empresária está com medo de que Bowker tente encontrá-la, machucá-la ou matá-la quando tiver alta da psiquiatria.