Curandeira é detida após morte de uma criança durante um ritual tradicional

Uma cidadã de 53 anos de idade, residente no município do Chitato, na Lunda-Norte, supostamente curandeira, foi detida recentemente por efetivos da Polícia Nacional daquela região, por crime de prática de homicídio, após ter queimado com água quente uma menor de 13 anos de idade durante o procedimento do tratamento tradicional.

De acordo as informações vinculados pela PNA, o caso aconteceu no interior da residência da suposta curandeira, no bairro Caxinde, onde os progenitores da vítima se deslocaram a procura de tratamento tradicional para filha, que foi submetida a banhos de água quente, que provocou queimaduras graves, que culminou na morte da menor.

Após o ocorrido o pai da menor, contactou as forças autoridades, que se deslocaram no local para averiguar a situação e tão logo efectuaram a detenção da suspeita, que já se encontra sob controlo das autoridades judiciais.

A cidadã foi detida e agora irá prestar as contas com a justiça.