Albânia e Kosovo prometem ajudar refugiados afegãos após ataque do Talibã

Após o ataque de rebeldes do Talibã, países como a Albânia e o Kosovo afirmaram neste domingo (15) de Agosto, que estão prontos para receber refugiados afegãos ameaçados pelos invasores, na capital do Afeganistão, Cabul.

Por intermédio de uma publicação nas redes sociais, o primeiro-ministro albanês, Edi Rama, garantiu a prontidão para receber os refugiados.

“A Albânia, membro da NATO, está pronta para assumir a sua parte”, disse Edi Rama, numa publicação no Facebook.

Edi Rama disse ainda que os Estados Unidos pediram à Albânia que analise a possibilidade “de servir como país de trânsito para vários imigrantes políticos afegãos com destino aos Estados Unidos”.

O Kosovo anunciou também que aceitou “sem hesitação” o pedido de Washington para receber “temporariamente” refugiados afegãos, afirmou a Presidente, Vjosa Osmani, também por intermédio do Facebook.

“Devemos estar ao lado dos nossos amigos, especialmente dos Estados Unidos, porque eles também estiveram ao nosso lado”, disse Osmani.

Os talibãs querem assumir o poder no Afeganistão “nos próximos dias” através de uma transição “pacífica”, com isso os moradores começaram a refugiar-se para outros países vizinhos.