OURO DO CANAL? Atleta chinesa diz que medalha olímpica conquistada em Tóquio está se descascando

Zhu Xueying
Zhu Xueying

A atleta chinesa Zhu Xueying, campeã olímpica na ginástica de trampolim nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, usou a sua conta nas redes sociais recentemente, para partilhar uma situação na qual ela está passando por conta da medalha de ouro conquistada na referida competição no Japão, que está descascando-se. Ela partilhou fotos e disse que de primeira achou que fosse uma sujeira.

Xueying, que ganhou o ouro na ginástica trampolim durante as Olimpíadas de Tóquio em 2020, postou fotos nas redes sociais de sua medalha caindo no lado esquerdo superior.

“Deixe-me esclarecer isso … Eu não tive a intenção de descascar a coisa no início, só descobri que havia uma pequena marca (como a foto um) na minha medalha”, escreveu Xueying no site de mídia social Sina Weibo, por o Global Times. “Achei que provavelmente fosse apenas sujeira, então esfreguei com o dedo e descobri que nada mudou, então peguei e a marca ficou maior.”, disse a ginasta.

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio manifestou-se, concernente a questão da qualidade que Xueying colocou, dizendo ao Global Times que o material que saiu da medalha da ginasta era seu revestimento protetor em vez do revestimento de ouro real. Este revestimento visa proteger as medalhas de manchas e arranhões e “não afeta a qualidade da medalha em si”, acrescentou o Comitê.