Angolauto e Ministério dos Transportes disponibilizam á população angolana 45 autocarros articulados

Em parceria com o Ministério dos Transportes, a ANGOLAUTO – representante e distribuidora oficial das marcas Suzuki, Scania e Random, acaba de disponibilizar um total de 45 autocarros articulados de transporte de passageiros para responder aos desafios de mobilidade de Angola.

A cerimónia de entrega e celebração decorreu na centralidade do Kilamba e contou com a presença do Ministro dos Transportes, Dr. Ricardo Viegas D’Abreu, da Governadora de Luanda, Dra. Ana Paula de Carvalho e da Embaixadora da Suécia em Angola, Dra. Ewa Urika Polano.
Os novos autocarros articulados são da marca SCANIA e apresentam-se mais resistentes, com maior durabilidade e longevidade, capazes de responder melhor aos desafios de mobilidade do país e de oferecer à população mais alternativas de transportes públicos.
Com uma capacidade de carga acima de 100 passageiros, três portas e mais acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida e idosos, são dotados de um sistema de articulação que aumenta a capacidade de transporte de passageiros, reduzindo assim, o custo de manutenção por passageiro. A carroceria foi reforçada e adaptada a Angola, o assoalho é revestido com isolamento termo acústico e alem de outras características únicas, estão dotados de câmaras de CCTV para segurança de motoristas e passageiros.
Mais de 5 milhões de habitantes usam transportes públicos e procuram diariamente por um sistema que transporte pessoas e bens na cidade.
Existem dificuldades ao nível de infraestruturas, como estradas e acessos; o número de veículos é também ainda escasso, mas assistimos a um esforço acrescido do Ministério dos Transportes para colocar à disposição mais meios a circular e com mais regularidade.

A Angolauto, parceira nesta demanda, realizou uma formação para capacitar cerca de 200 motoristas, responsáveis pela condução dos autocarros SCANIA, que em breve estarão disponíveis para toda a população angolana. A formação teve duração de dois meses e decorreu nas instalações da Angolauto e nas instalações da TCUL – Transporte Coletivo Urbano de Luanda.
Os autocarros começam a circular na rota da Via Expresso e Avenida Deolinda Rodrigues, sendo que as outras rotas deverão ser anunciadas em breve.