Desporto

Florentino Pérez aponta Sergio Ramos como o culpado da crise no Real

Temporada não muito agradável para o Real Madrid. Depois da saída de Ronaldo e a humilhação frente ao Barcelona, bem como outros episódios dos quais o clube não guardou boas lembranças, os adeptos e o presidente dos merengues apontam os capitães da formação, como os causadores da crise.

A imprensa espanhola, avança que as relações entre o presidente merengue, Florentino Pérez, e os capitães merengues, Sergio Ramos e Marcelo, estão no seu ponto mais baixo. Com Marcelo lesionado, é o espanhol que suporta as críticas, inclusivamente dos adeptos.
No jogo com o Valladolid, que os merengues venceram por 2-0, Ramos foi assobiado em vários momentos. Primeiro, quando o sistema sonoro do Santiago Bernabéu disse o seu nome e depois durante o jogo, sobretudo na zona da claque. O capitão era vaiado sempre que tocava na bola. De acordo com a ‘Cadena SER’, essa zona do estádio tinha recebido instruções para não assobiar Sergio Ramos, uma vez que as críticas aos jogadores poderiam provocar mais críticas, neste caso contra Florentino Pérez.
Esta está a ser uma temporada complicada para o Real Madrid, que já despediu Julen Lopetegui e mantém-se com Santiago Solari como treinador interino.

Comentários do Facebook
Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *