Educação

Novo concurso público na educação arranca em julho

O Ministério da Educação vai abrir, em Julho deste ano, um concurso público para ingresso de novos professores, que deverá contemplar auxiliares de limpeza e guardas.


A informação foi avançada hoje, pela ministra da Educação, Cândida Teixeira, numa conferência de imprensa, que visou radiografar o último concurso público, a transição da carreira e a distribuição de manuais escolares.
Sem avançar o número de professores necessários para a cobertura a nível do país, a directora nacional dos Recursos Humanos, Laudmira Sousa, disse  que neste momento são necessarios cerca de 40 mil.
O sector da Educação vai, no próximo ano lectivo, contar com 1409 novas salas de aula. No último concurso público, das 20 mil vagas, apenas foram admitidos 18.656 professores. As 1.492 vagas não preenchidas vão ser anexadas no concurso público deste ano.
A ministra justificou que a má instrução dos processos contribui para o não preenchimento de vagas.
Alguns processos estavam sem certificados originais, talões de inscrição e provas inscritas, enquanto outros foram enviados com notas de exame abaixo de 10 valores. Os candidatos com idade superior a 35 anos, sem comprovação de experiência profissional ou documentação de terem estudado no exterior do país foram rejeitados.
Comentários do Facebook
Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *