Universidade portuguesa disponibiliza 25 bolsas para angolanos

Estudantes universitários - licenciados

Uma das maiores universidades privada de Portugal, Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (ULHT), tem disponíveis 25 bolsas de estudos para angolanos interessados, para o ano lectivo de 2019/2020.

Os interessados devem apresentar as suas candidaturas, numa primeira fase, entre 15 de Julho e 16 de Agosto deste ano, e de 19 de Agosto a 31 de Outubro, nos Serviços de Acção Social da Universidade Lusófona, em Lisboa.

Reconhecida pelo Decreto-Lei n.º 92/98, de 14 de Abril, a Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias tem disponíveis 130 bolsas de estudo para cidadãos da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), das quais 25 são reservadas a angolanos.

As bolsas de estudo, isentas de propinas, enquadram-se no Protocolo de Cooperação firmado entre o Grupo Lusófona e a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), a 8 de Junho de 2005, e da respectiva Adenda, de 24 de Junho de 2006.

Angola e o Brasil recebem, cada um, 25 bolsas, seguidos de Cabo Verde (20), Guiné-Bissau (15), Guiné Equatorial (10), Macau (5), Moçambique (10), Portugal (regulamento próprio), S. Tomé e Príncipe (15) e Timor Leste (5).