Desporto

Após ‘brilhar’ contra PSG, Camavinga pode representar Angola no mundial

O angolano de 16 anos ‘Eduardo Camavinga’ que foi considerado melhor jogador em campo numa partida contra Di Maria, Mbappé, Cavani e outros craques do PSG, pode representar a selecção angolana de futebol no mundial Sub-17, a decorrer de 26 Outubro a 17 Novembro, no Brasil, mas só se tiver disponibilidade.

O treinador angolano Pedro Gonçalves contou ontem à imprensa nacional, que Eduardo Camavinga está cadastrado na Federação Angolana de Futebol (FAF) e caso haja vontade da sua parte, poderá sim, se juntar à formação angolana que vai disputar o título mundial no Brasil.

Não é novidade para nós o desempenho do atleta. Estamos abertos aos potenciais candidatos à selecção nacional por aquilo que fazem nos clubes em Angola e no estrangeiro“, reiterou.

O jogador deixou boas impressões nas últimas partidas que disputou e agora é apontado, pela imprensa internacional, como futura estrela da liga francesa “Ligue 1”. O seu talento chamou atenção de clubes como Barcelona, Real Madrid, Bayern, Man city, mas parece que o Dortmund já tem condições criadas para ter o jogador no seu plantel a partir do próximo verão.

Banner Publicitário - RLV

Nascido em Miconje, província de Cabinda, o médio assinou contrato com o Rennes, em Dezembro de 2018, tornando-se no mais jovem profissional pelo clube francês.

A selecção de Sub-17 conta já com os préstimos de outros profissionais, nomeadamente, Bruno de Castro (Sacavenenses de Portugal), Estefânio (Grémio do São Carlense/Brasil) e Pedro (Mamelodi Sundowns da África do Sul).

Comentários do Facebook
Partilhar
  • 33
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *