FDA não autoriza o uso de hidroxicloroquina em todos os pacientes com Covid-19

A Food and Drug Administration (FDA) – agência reguladora de medicamentos e alimentos do governo americano – declara como falsa a notícia do passado dia 13 de Abril, ontem, afirmando a aprovação de hidroxicloroquina em todos pacientes com Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

A FDA não aprovou o uso da hidroxicloroquina no tratamento de qualquer infecção por Covid-19 nos EUA, como diversos textos que circula nas redes sociais têm afirmado. Foi permitido pelo órgão a utilização do medicamento em alguns casos de pacientes hospitalizados.

Maus entendedores da matéria, distorceram textos trazendo uma esperança e agitação ao povo de todo mundo.

A FDA, emitiu uma Autorização para uso de Emergência, em 28 de Março deste ano, que permite a adoção de produtos com sulfato de hidroxicloroquina e fosfato de cloroquina no tratamento de alguns pacientes com Covid-19, apesar de nenhum desses remédios ter sido aprovado para essa finalidade.

Esta é uma ordem temporária para situações específicas, nas quais a FDA analisa que os benefícios podem ser maiores que os riscos, pois a autorização não é um parecer da FDA sobre a eficácia dessas drogas, porque essa análise ainda não ocorreu. “Essa autorização é reservada para situações de emergência e NÃO é a mesma coisa que uma aprovação ou licença da FDA”, diz o órgão.

A informação que circula nas redes sociais dizendo, “O CEO da Novartis (empresa farmacêutica multinacional), Vasant Narasimhan, anunciou que já tem em mãos os resultados de pesquisas que comprovam que a hidroxicloroquina mata o vírus”, é totalmente falsa porque o mesmo não fez nenhuma declaração pública afirmando isto, ele não disse isso nem em entrevistas à imprensa, nem em posts publicados em suas redes sociais. As últimas palavras desta segunda-feira (13), defendiam a necessidade de haver mais estudos sobre esses remédios.