Médica cubana testa positivo e aumenta os casos de Covid-19 em Angola

Médicos cubanos chegando em Angola - Covid-19
Médicos cubanos chegando em Angola - Covid-19

Hoje, 22 de Abril, a ministra da Saúde, Silvia Lutucuta, em conferência de imprensa, deu a conhecer sobre o novo caso activo de Covid-19 em Angola, e trata-se de uma médica cubana de 57 anos.

Com a chegada dos 264 médicos especialistas, no passado dia 10 de Abril, a esperança de maior controle sobre os casos de Covid-19 era maior, estes seriam distribuídos por todos os municípios.

Angola regista mais um caso positivo, e não se trata de um angolano mas sim de uma médica cubana que chegou no voo vindo da Cuba no dia 10, com mais de 50 anos, segundo Silvia Lutucuta, a mesma encontra-se num quadro estável.

Os médicos tinham cumprido a quarentena na Cuba, sendo dos 264, 213 novos profissionais, acomodados em 3 unidades hospitaleiras para a quarentena institucional, “ainda continua a quarentena”, frisou a ministra.

“Testaram negativos 43 profissionais e já foram enviados para Benguela, Zaire e Cunene, continuam a cumprir quarentena, por outro lado conseguimos acionar o grau de alerta, e vamos continuar a seguir com as regras”, disse Silvia Lutucuta.

Até o momento Angola encontra-se com 25 casos confirmados, dentre os quais 17 casos activos estáveis, 6 casos recuperados e 2 óbitos.

Continua a formação dos profissionais, a secção multissetorial continua com as activiadades intensas, as medidas de prevenção, o distanciamento social para que esta luta contra a Covid-19 seja uma realidade em Angola.