Jandira Padre relembra um triste episódio da sua vida, a morte de seu pai

Com o coração partido, Jandira Padre, falou através das suas redes sociais nesta quinta-feira, sobre o passamento físico de seu pai que aconteceu no dia 28 do mês passado, foi um momento vivido com muita dor e impacto para a cantora que até hoje dia 28 de Maio mesmo fazendo um mês, a dor permanece e a cantora exprime a sua saudade com as pessoas mais chegadas.

Hoje faz um mês e Jandira ainda não superou a perda de seu pai: “Um mês pai, até parece que foi ontem. Foi no dia como este pai que me deixaste vi-te a dar os últimos suspiros a minha frente”.

E confessa que o seu mundo desmoronou ao ver seu pai partir. “É como uma casa a cair por cima de mim, o mundo desabou estou sem chão pai, levaste uma parte do meu coração. Tínhamos tantos planos pai nem acredito que já não tás entre nós estarás sempre vivo dentro de mim”.
“Sinto saudades de tudo que marcou a minha vida pai e tu tiveste presente em todos. Quando vejo retratos e vídeos seu pai sinto saudades, sinto saudades de ouvir as músicas que adoravas ouvir, e eu sempre tive perto escutando contigo, quando sinto alguns cheiros sinto saudades pai, quando escuto uma voz sinto saudades da tua pai, quando me lembro do passado sinto saudades pai”, desabafou a cantora.

Ao falar sobre os momentos vividos com seu pai, Jandira lembra da perda do seu irmão: “Sinto saudades de um pai amigo conselheiro que foste e nunca mais voltarei a ver-te, sinto saudades da pessoa com quem não mais falo que que você pai e mano”.
“Sinto saudades dos que se foram e de quem não me despedi direito e é você pai e mano! Daquele que não tiveram como me dizer adeus que é você pai e mano… Sinto saudades das coisas que vivi e da coisa que deixei passar sem curtir contigo pai e você mano”.

Ravelino de Castro
CEO e fundador.