Nacional

Jovem licenciado cria o seu negócio de venda de bananas fritas e paracuca por falta de emprego

Hélcio Romário Chilunga, de 25 anos de idade, licenciado em Gestão de Empresas, pela universidade Lusíadas de Angola, jovem com histórico de várias tentativas e fracassos no mundo de negócios, cria um empreendimento juntamente com seus irmãos, para superarem as dificuldades e dão o nome de Kitutes Mbote.

No começo houve dúvidas, achavam que não daria certo como nas outras tentativas, hoje, Hélcio e irmãos têm um novo negócio de vendas de bananas fritas e paracuca, denominado Kitutes Mbote, Hélcio explica como tudo começou.

“O que nos falta muitas das vezes é o que comer. Uma vez não tínhamos o que comer em casa, fomos até a uma prima e ela deu-nos comida, e ainda emprestou-nos bananas para fazermos qualquer coisa. No começo, não achava que o negócio seria aceite pelos meus amigos, visto que já tentamos fazer vários negócios, como: vender bolinhos nas paragens de táxi, vender roupas e calçados oriundas de outros países”.
Hélcio explica os problemas que tem encarado durante no exercício do seu novo trabalho.

 “Não olhamos nos problemas mas sim nas soluções, este é o nosso lema. Tendo em conta a situação pandêmica em que vivemos actualmente, o maior problema que temos, é a falta de táxi, porque fazemos as nossas entregas de transporte público, nesta altura os taxistas fazem linhas curtas, por isso tem sido chato e um pouco complicado”.

Mesmo com a dificuldade de transporte, o feedback tem sido positivo recebendo de segunda à sexta-feira em média 4 à 7 pedidos por dia, e aos finais de semana recebem em média 10 pedidos, faturando assim semanalmente de 10 à 30 mil Kwanzas.
O jovem não pretende parar por aqui, tem como objectivos, abrir o seu próprio espaço, distribuir os seus produtos a nível nacional e internacional e gostaria de fazer contratos com outras e grandes empresas, como por exemplo, lojas, supermercado e aplicativos de vendas.

Comentários do Facebook
Partilhar
  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *