Covid-19: Angola recebe elogio da ONU por evitar pico da pandemia no país

Medical workers stretch a patient from an Italian Red Cross ambulance into an intensive care unit set up in a sports center outside the San Raffaele hospital in Milan, on March 23, 2020 during the COVID-19 new coronavirus pandemic. , (Photo by Miguel MEDINA / AFP)

Paolo Balladeli presidente residente da Organização das Nações Unidas no Mbanza Kongo, aplaudiu as autoridades angolanas pela forma de actuação e medidas de prevenção no combate ao Covid-19.

O responsável das Nações Unidas no Mbanza Kongo, disse que as medidas de prevenção tomadas a tempo, atrasaram a propagação da Covid-19 e impediram o pico da doença no país, que estava prevista para os meses de Junho e Julho.

Paolo Balladeli que testemunhou o acto de lançamento do programa de transferências monetárias sociais denominado por Kwenda no Nzeto, considerou boa a atitude das autoridades sanitárias angolanas no isolamento dos primeiros casos da Coviv-19 que surgiram no país.

Paolo Balladeli incentivou ainda dizendo que se precisa aprofundar rigorosamente as medidas de prevenção nesta época do frio, para que se contenha de forma definitiva a propagação do vírus.

Angola registrou até ao momento 86 casos positivos, dos quais 4 óbitos, 18 recuperados e 64 casos activos, tendo como epicentro a província de luanda.    

Por: Joveth Delgado