Lil Wayne fala sobre racismo: – “Fui salvo por um policial branco”

Lil Wayne
Lil Wayne

Com a onda de racismo que o mundo está a enfrentar, o rapper e um dos maiores influenciadores do rap, Lil Wayne falou de sua infância, onde deixou claro que sua vida foi salva por um policial branco, e olha de modo diferente os protestos feitos por causa da morte de George Floyd.

A quase duas semanas que os Estados Unidos vive grandes momento de tensão por conta do recente caso do George Floyd, afro-americano de 46 anos de idade morto por um policial branco que o asfixiou com joelho até a morte na cidade de Minneapolis. Lil Wayne também deu a sua opinião em relação ao incidente durante conversa com Fat Joe em live no Instagram: “Eu acho que, quando vemos situações assim, também precisamos entender que são muito específicas… e o que eu quero dizer é que devemos parar de ver de modo tão extenso, o que significa que temos que parar de colocar a culpa em toda a força e em todo mundo de uma determinada raça ou todo mundo com um distintivo. Temos que realmente saber quem é a pessoa. E se queremos colocar a culpa em alguém, deve ser em nós mesmos por não fazermos mais do que estamos fazendo”, argumentou o rapper que em segida explicou os motivos por trás de tal posição.

“O que mais eu vou fazer depois disso? Algumas pessoas fazem um post na internet e acham que estão fazendo algo. Algumas pessoas vestem uma camisa e acham que estão fazendo algo. O que você vai fazer depois disso? Você realmente ajudou a pessoa? Você realmente ajudou a família da pessoa? Você realmente foi lá fora e fez algo? Então, se eu não estou na pilha de fazer tudo isso, então não faço nada. Eu rezo por você”, disse o artista apelando para que as pessoas saibam realmente o que estão fazendo.
Muitos não perceberam a posição do Wayne e o mesmo pronunciou-se durante a edição do seu programa Young Money Radio na estação Beats 1 da Apple nesta sexta-feira: “Minha vida foi salva quando eu tinha 12 anos ou algo assim, eu acho. Eu atirei em mim mesmo. Eu fui salvo por um policial branco. Bob. Portanto, você tem que entender a maneira como eu vejo a polícia. Eu fui salvo por um policial branco. Havia um monte de policiais negros que pularam sobre mim quando me viram na porta, enquanto eu estava com um buraco no peito”, disse Wayne esclarecendo que a raça não nos torna melhor ou pior mas sim o carácter, pois onde policiais negros procuravam drogas e armas, o policial branco o socorreu levando-o para o hospital.

O rapper continuou dizendo: “então, entenda antes de especular qualquer coisa, entenda que eu já passei por várias coisas também. Todos nós passamos. Não julgue ninguém sem razão. Não julgue. Faça a sua. Faça a sua. Ajude do modo como pode. Nós só vencemos juntos”, apelou o artista.

Ravelino de Castro
CEO e fundador.