SIC detém funcionário da ZAP por extraviar cerca de 59 milhões de Kwanzas

Zap Studios
Zap Studios

A onda de furtos em grandes empresas por parte dos funcionários, tem crescido cada vez mais em Angola, neste final de semana a ZAP se viu livre de um funcionamento, trabalhador da área de finanças de nome Kukeny Sebastião Tchipela, que agora encontra-se sobre posse do SIC.

Como fonte da informação o SIC, a Rádio Luanda transmitiu na voz do jornalista Liberato Furtado, que foi detido o cidadão de nome Kukeny Sebastião Tchipela, por suspeitas de uma suposta quantia no valor de 59 milhões de Kwanzas, retirado das finanças da estação de tv por satélite (ZAP), já que o mesmo trabalhava no departamento financeiro. Da conta da ZAP foram transferido 59 milhões de kwanzas, para a conta bancária da sua irmã, e a mesma retornou a transferência para a conta bancária de Kukeny. O indivíduo em causa, sentiu-se avantajado por ter recebido uma carta para transferência de valores, com destinos à pagamentos de serviços, pois era o encarregado para tal função. Alem de furtar o dinheiro, ainda falsificou induzindo os e-mails à direcção da empresa como se tudo estivesse pago.

A comarca de Viana recebeu o cidadão de 31 anos de idade, e terá que responder pelos crimes de abuso de confiança, falsificação de documentos e também furtos. Segundo fontes próximas ao acusado, ele fez a compra de um carro de marca Kia Soul para sua esposa, e possui a sua Tv, denomonada “Tv Viana” com sede na Centralidade do Sequele perto ao Kero.

Ravelino de Castro
CEO e fundador.