Rihanna faz doação de 11 milhões de dólares para a luta contra o racismo nos EUA

A cantora, actriz e empresária Rihanna, tem estado na onda de doações milionárias, e recentemente usou uma das suas instituições caridosas, para fazer chegar 11 milhões de dólares, à Fundação Clara Lionel, com vista a combater o racismo.

Não é a primeira vez que o nome de Rihanna é citado quando o assunto é “doações”. A cantora que também é fundadora de várias instituições de caridade, sente a satisfação de estender a mão aos que precisam. A doação estimada em 11 milhões de dólares, será repartida para doze organizações dos Estados Unidos da América, que militam pela mesma causa, a luta contra o racismo nos EUA. A morte de Floyd sempre será citada quando se falar de racismo, e por isso nas doações vê-se incluído a “Black Lives Matter”, já que em dias de protestos elas estiveram na linha da frente.

Saturados com tanta injustiça, a fundação mostrou firmeza e determinação: “Agora é hora da justiça racial, e só podemos consertar este mundo juntos”, viu-se escrito no post feito pela fundação. O objectivo é chegar a igualdade de raça, jamais ao racismo, pois ninguém pede para nascer de determinada raça: “Reforçando a luta pela reforma policial, e sistemas igualitários de justiça, diminuindo a criminalização e construindo o poder local”, continuou o post. De acordo a publicação, as doações feita por Rihanna estão em parceria com a Start Small.