Desabafo de Extremo Signo leva à pronunciamento de outros artistas angolanos quanto a morte de José Kilamba

No post feito pelo artista Extremo Signo, leu-se com clareza o descontentamento do artista, o mesmo falou sobre a falta de pronunciamento dos famosos, fazendo um paralelismo do jovem assassinado no bairro Prenda pela Polícia Nacional, e do norte-americano Jorge Floyd.

José Kilamba, assassinado no passado dia 12 de Julho, teve o seu fim muito prematuramente com 23 anos, e não se viu manifestação nenhuma, nem se quer publicações que mostrassem revolta por parte dos famosos angolanos, e falta de pronunciamento dos famosos em relação ao jovem assassinado no Prenda pela PN preocupa Extremo Signo, facto que não ocorreu quando Jorge Floyd foi assassinado por um policial branco, isso nos EUA. Extremo Signo mostrou-se indignado, e usou a sua conta do Instragram para falar e pedir mais união entre os famosos angolanos.

Mas como diz o ditado, mais vale tarde do que nunca, os artistas pouco à pouco, mostraram que também sentiram a perda do irmão angolano, e como ser humano os artistas como Anselmo Ralph, Telma lee, Gilmário Vemba, Bráulio Morais, Hélio Plasma, Titica e outros, deram exemplo e mostraram que sentem a dor da família enlutada.