Cidadão nigeriano mata criança de 10 meses de idade no bairro Palanca

Homem de capuz, tudo preto
Homem de capuz, tudo preto

O crime ocorreu nesta sexta-feira (07), no bairro Palanca quando o cidadão nigeriano de 39 anos agrediu a família da mulher, assassinando uma criança de apenas dez meses com um golpe mortal na cabeça, o que provocou a morte por traumatismo craniano, segundo reportou o programa “Fala Angola”, emitido pela Tv Zimbo.

Com apenas dez meses de vida, a pequena viu sua vida terminada sem motivos aparentes. Segundo a reportagem passada na edição de sexta-feira, o senhor de 39 anos de nacionalidade nigeriana, teria seguido a mulher depois de uma briga, do Camama 1 até à rua A do bairro Palanca onde vive os pais, a sobrinha, e a filha da sobrinha da mulher.

De acordo com as declarações da vítima, o cidadão chegou até à casa dos sogros onde agrediu a mulher, e para os que tentaram impedir tiveram o mesmo fim. Os pais e a sobrinha da esposa do cidadão nigeriano, foram agredidos e os ferimentos pelo rosto e corpo não deixavam mentir.

Quando ele dirigiu-se ao quarto encontrou a pequena de dez meses e aí executou a acção. A criança foi levada as pressas ao hospital Josina Machel (Maria Pia), mas sem muita sorte a criança que já estava com a cabeça aberta devido o golpe, acabou por morrer à caminho da unidade sanitária.

O acusado pelo crime, fazia uso de drogas de acordo à declaração do cunhado, e o mesmo já se encontra detido no comando municipal do Kilamba Kiaxi, foi levado na quinta-feira, e permanece preso enquanto aguarda pelos procedimentos da justiça.

Ravelino de Castro
CEO e fundador.