Profissionais com dificuldades recebem apoio da Cooperativa de Jornalistas

Bens de primeira necessidade
Bens de primeira necessidade

Hoje (18) de Agosto, em entrevista para o “Jornal da Hora” emitido pela TV Zimbo, a jornalista Sara Fialho, falou sobre a campanha de solidariedade da CJA, que encarregou-se de apoiar dois profissionais da classe jornalística, Boaventura João, da Televisão Pública de Angola (TPA), e Joaquim Alves, do Semanário Angolense, com bens alimentares de primeira necessidade.

A campanha de solidariedade da Cooperativa de Jornalistas Angolano (CJA), encarou a dificuldade de colegas, como uma oportunidade de ajudar quem muito faz pelo jornalismo nacional. Para essa primeira fase foram entregues produtos alimentares aos jornalistas Boaventura e Joaquim.

A campanha não para por aí, e Sara Fialho fez um apelo aos Profissionais da classe jornalística, e outras entidades, pedindo mais apoio: “Gostamos de receber, mas são poucos os que gostam de dar. Portanto, chamamos a atenção dos nossos colegas de que é preciso dar, é preciso olhar para nós. Hoje são eles, amanhã podemos ser nós”, disse a jornalista.

A mesma frizou que a Cooperativa teve o apoio de alguns empresários, falou ainda que na classe jornalística, muitos profissionais encontram-se em situações precárias, e que a Cooperativa de Jornalistas, tem projectos que posteriormente poderão ajudar de alguma forma os profissionais que acabaram desempregados, e que um desses projectos visa “Melhorar a preservação da postura de alguns profissionais da comunicação social”.

Recorde-se que no mês passado (Julho), foi anunciado pela Comissão de Carteira e Ética, que passarão a emitir a carteira profissional dos jornalistas em formato físico e digital, a partir do mês de Agosto.

Ravelino de Castro
CEO e fundador.