Em meio a “guerra” contra a indústria musical, Kanye West se “despede” da filha:-“Se eu for assassinado… era bom homem”

Kanye West chorando
Kanye West chorando

Após se envolver numa luta contra a indústria musical norte-americana, especificamente com as suas gravadoras, de modo obter os seus direitos autorais, Kanye West se vê como alvo a ser abatido devido o seu posicionamento, e por conta disso chamou atenção do público com posts controversos no Twitter, sendo que num deles “se despede da filha”.

Conhecendo os riscos gerados pela sua conduta, em post feito nessa sexta-feira (18), no seu perfil do Twitter, o qual já foi apagado, Kanye mandou uma mensagem de despedida para sua filha North West para o caso de não sobreviver durante a batalha.

“North, eu estou indo para guerra e colocando minha vida em risco. Se eu for assassinado, nunca deixe a mídia branca dizer que eu não era um bom homem… quando as pessoas ameaçarem tirar minha vida, só saiba que te amo”, escreveu Kanye na publicação.

Em posts feitos anteriormente, o também conhecido por Yeezy, pediu ajuda aos seus colegas para enfretarem juntos a indústria da música nessa guerra que o mesmo diz que “não vai parar” até conseguir o que deseja.

“O artista merece possuir os direitos… os artistas estão morrendo de fome sem turnês… Vou buscar nossos direitos… para todos os artistas… orem por mim” escreveu em dos seus posts no Twitter.

Atualmente, como cantor, Ye é o 9º artista que mais vendeu músicas em formato digital, além de ter ganho vários prêmios, incluindo um total de 21 Grammys, sendo assim o maior rapper da história da premiação.

Ravelino de Castro
CEO e fundador.